O Senhor está com você!

“Nenhum mal chegará perto de você e nenhuma desgraça baterá na sua porta. Pois, o Senhor enviará Anjos para te guardarem” (Sl 91)

Iniciamos a Quaresma com a quarta-feira de Cinzas, dia de jejum e abstinência de carne. Dia também que no Brasil acontece a abertura oficial da Campanha da Fraternidade, que neste ano tem como tema Fraternidade e Juventude e como lema tirado do Profeta Isaias “eis-me aqui, envia-me”!

A Quaresma nos faz pensar e lembrar que a vida é uma caminhada. Todos nós temos diante dos nossos olhos um longo caminho a percorrer. Nenhum caminho é por inteiro fácil. Aparecem as surpresas, os imprevistos, o cansaço, o medo, o receio, a desconfiança, o desencanto e tantos outros sentimentos e circunstâncias que nos provam. Porém, uma coisa é caminhar sozinho. Outra coisa, é saber que Deus caminha conosco. A Liturgia do Primeiro Domingo da Quaresma nos revela um Deus que não se ausenta das horas amargas da nossa vida e muito menos “lava Suas mãos” quando quase tudo parece estar perdido. Nós cremos em um Deus condescendente, ou seja, que desce até a história e realidade de cada um e caminha conosco. Relembremos três palavras que são verdadeiras atitudes de amor do nosso Deus para conosco.

1. “O Senhor nos tirou do Egito com mão forte e braço estendido, no meio de grande pavor…”. O Egito é sinal do lugar onde o povo vivia na escravidão, no sofrimento, na miséria e no abandono. Deus tirou o Seu povo do Egito e o conduziu para uma terra nova, para uma vida nova, onde corria leite e mel. Foi assim que Deus agiu e é assim que Ele continua agindo. Pois, ele não somente nos tira das tempestades. Mas, nos conduz para um porto seguro.

2. “Nas minhas dores, ó Senhor, permanecei junto de mim…”. A dor traz consigo a experiência da solidão. Por mais que uma pessoa seja solidária conosco na hora da nossa dor, somente nós saberemos o tamanho da dor que às vezes chega a ferir a nossa alma. Mas, mesmo assim, podemos clamar e acreditar que na maior dor da nossa vida, Deus permanece consoco.

3. “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo…”. Quando falamos de Salvação, logo vem à nossa mente a idéia de que isto será algo para quando a gente morrer ou quando o Senhor voltar para nos arrebatar no juízo final. Claro que esperamos mesmo em Deus a salvação eterna. Mas, diante desta Palavra, é preciso crer que o Senhor está perto e conosco para nos salvar das angústias do dia-a-dia! Ele nos socorre das tempestades que nós e a nossa família enfrentamos a cada instante.

Que nesta caminhada quaresmal consigamos sentir ainda mais a presença de Deus que permanece ao nosso lado! Que este tempo seja um tempo favorável para nos aproximarmos do Deus Vivo e Verdadeiro que quer o nosso bem e a nossa felicidade plena!

Deus abençoe a todos e a nossa família!

padre-silvio-andrei Pe. Silvio Andrei
Pároco