Publicado 25/08/2015 por Bom Jesus de Pirapora em Palavra do Pároco
 
 

PADRE, EU SOU ELIAS!

“Dou-vos a minha paz” (Jo 14,27).
Queridos internautas! Irmãos e irmãs!
Quero mais uma vez partilhar com vocês uma breve reflexão que particularmente me tocou muito. Escrevo com o coração aberto. Desejo que cada um consiga ler com os olhos e com o coração abertos.
Na liturgia, textos da Bíblia são proclamados e iluminam as Celebrações
Eucarísticas. Há um momento da celebração chamado homilia, onde o bispo ou
o padre que está presidindo tem a bonita e desafiadora missão de atualizar a
Palavra de Deus para os dias de hoje.
Cada pregador, seguramente tem seu método, sua maneira própria para se
preparar, porém todos contam com a inspiração divina. Gosto de me preparar
da seguinte maneira. No domingo à noite, antes de dormir, leio os textos que
serão rezados no domingo seguinte. Durante a semana, vou observando as
histórias que a vida conta e pensando na Palavra que será proclamada. Tento ler
algumas reflexões feitas por estudiosos da Palavra. E no final de semana,
olhando para os olhos do Senhor Bom Jesus, e também para os olhos de
centenas de piraporanos e romeiros, que tem fome e sede da Palavra de Deus,
partilho aquilo que me tocou a sentir a presença de Deus, dizendo quase
sempre três palavrinhas.
Há poucos dias, um dos textos bíblicos proclamados na liturgia dominical foi do
primeiro Livro de Reis que contou a história do Profeta Elias, mostrando a sua
inquietação e seu sofrimento depois de ser muito perseguido por uma mulher
má chamada Jezabel. Elias, cansado e abatido, sentou-se debaixo de uma
árvore, de um junípero e pediu a morte dizendo: “Senhor, não aguento mais,
dai-me a morte”. Em seguida, Elias dormiu. Deus respondeu enviando um Anjo.
É muito interessante a resposta de Deus. Ele não ficou surpreso com o profeta,
nem bravo e muito menos decepcionado. A mensagem de Deus para Elias
através do Anjo foi a seguinte: “Levanta-te, pois ainda tens um longo caminho
pela frente”.
No final das Missas, pessoas me procuraram para conversar e disseram: “Padre,
eu sou o Elias de hoje”. E com copiosas lágrimas nos olhos contaram um pouco
da sua dor. Imagino que existam muitos “Elias” espalhados por toda parte.
Quem sabe alguns desses “Elias” estão lendo este despretensioso artigo?! A
resposta de Deus para eles continua sendo a mesma. Ainda que a vida nos faça
chorar, desanimar e até pedir a morte, Deus nos quer lutando, sonhando e
sorrindo. Nas lágrimas e sorrisos, peçamos sempre a vida.
Aproveito para dizer que na próxima quarta-feira, 26 de agosto teremos a Missa pela Família às 19h30, no Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus. Continuemos rezando pela família.
Que no Senhor Bom Jesus abençoe a todos.
Pe. Silvio Andrei Rodrigues
Pároco do Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus
Pirapora do Bom Jesus – SP