Publicado 08/06/2016 por Bom Jesus de Pirapora em Palavra do Pároco
 
 

DEUS NOS ESCUTA!

“Na minha aflição, clamei ao Senhor” (Sl 18,6).

Queridos Irmãos e irmãs! Internautas!

Que bom receber a sua visita em nosso site. No site do Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus. Espero que ao navegar aqui, o seu coração encontre paz! Partilho com você uma experiência vivida aqui no Santuário em Pirapora do Bom Jesus. Leia também com os olhos da fé.

A cada final de semana no Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus, em Pirapora do Bom Jesus, onde tenho a alegria e o prazer de morar e trabalhar, vivo experiências de fé que são verdadeiras lições de vida. As pessoas manifestam seus sentimentos e preocupações de diversas maneiras, e às vezes, em fração de segundos me dizem coisas profundas, memoráveis e inesquecíveis.

Não é possível guardar todos os nomes, mas, no coração guardo todas as histórias. De modo geral, os fiéis se aproximam do Senhor Bom Jesus para depositarem aos seus pés suas lágrimas e seus sorrisos, seus medos e suas esperanças. São verdadeiros colóquios marcados pela intimidade e sinceridade da alma. Todos que passam pelo Senhor Bom Jesus passam porque têm algo para pedir ou para agradecer. E no caminho ao se encontrarem com o padre, abrem seu coração em preces de louvor e agradecimento.
Fato é que a cada dia e, sobretudo a cada final de semana o Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus fica mais místico e mais repleto de bênçãos pelos testemunhos que são partilhados por diversas pessoas. Cada uma tem a sua razão para derramar copiosas lágrimas de dor e de amor.

Também passam pelo Santuário pessoas à beira do desespero em busca de respostas que nem sempre chegam à velocidade que o nosso coração deseja. Pessoas que muitas vezes experimentam algo como certo “silêncio de Deus”. E, sobretudo nesta hora, é que precisamos confiar sem nenhuma sombra de dúvida. Confiar que Deus provê, que Deus proverá e que a Sua misericórdia não faltará.

Ainda está nos meus ouvidos a voz de uma pessoa que me pediu: “Padre, reze por mim, porque Deus não tem ouvido a minha voz. Ele não escuta o que eu falo”. Fiquei pensando que por razões diversas, somos tentados a pensar que, em determinados momentos, Deus não nos ouve. Mas, repito aqui neste breve artigo, o que falei para aquela pessoa. Deus sempre nos ouve. Deus escuta o que falamos e até o que não falamos, porque Ele escuta os nossos pensamentos, os gemidos da nossa alma e compreende os nossos sentimentos. Nas lágrimas e nos sorridos da vida, continuemos acreditando que Deus nos escuta!

Desejo, de coração, que o Senhor Bom Jesus continue abençoando a sua vida e a vida da sua família!

Pe. Silvio Andrei Rodrigues

Pároco do Santuário Diocesano do Senhor Bom Jesus

Pirapora do Bom Jesus – SP