A Força da Comunidade

“Reunidos em nome do Senhor, Ele se faz presente!”

 

O mês de setembro é tradicionalmente conhecido como o mês da Bíblia. Cada vez mais devemos buscar e descobrir a Bíblia como uma fonte inesgotável de sabedoria, força e luz. É na Bíblia que encontramos o caminho para fazermos a vontade de Deus e fazermos também as melhores escolhas da nossa vida.

Neste ano de 2014, iniciamos o mês da Bíblia, com uma data civil muito importante da nossa história brasileira, ou seja, 7 de setembro, dia da Independência do Brasil. O primeiro domingo de setembro foi dia 7 de setembro. O Brasil, assim como todas as Nações, precisa da Palavra de Deus para a sua verdadeira independência. Diante deste momento em que estamos vivendo, vale à pena destacar três palavrinhas sobre a força da comunidade.

1. A COMUNIDADE NOS ENSINA O DIÁLOGO. As relações interpessoais se tornam cada vez mais complexas, mais difíceis, mais desafiadoras. Porém, o diálogo continua sendo imprescindível para que as nossas relações superem as tensões. É na vida em comunidade que aprendemos a dialogar. Segundo o Evangelho de Jesus, quando alguém faz algo de errado ou contra nós, o diálogo deve ser a sós, entre a gente e a pessoa envolvida. Depois, com 2 testemunhas e depois ainda com a comunidade. Mas, sempre no intuito de salvar o irmão. A comunidade tem a força de nos treinar nesta árdua missão, ou seja, dialogar quando tudo parece não ter mais jeito.

2. A COMUNIDADE NOS LIGA A DEUS. A Comunidade tem o poder de nos ligar ou desligar das coisas do Alto. Toda religião precisa ligar o coração humano ao coração de Deus. É na Comunidade que nos sentimos ligados ao Eterno, ligados ao Senhor Bom Jesus. A Comunidade tem a força de nos tornar membros da família de Deus. É na Comunidade que aprendermos que pertencemos ao Senhor.

3. A COMUNIDADE TORNA O SENHOR PRESENTE. Foi Jesus quem disse: “onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, estarei eu no meio deles”. A oração pessoal é uma bela prática de diálogo com Deus. Mas, a oração pessoal não exclui a necessidade da oração em Comunidade. O ideal é quando todo cristão cultiva a oração pessoal e a oração comunitária. A oração comunitária tem o poder e a força de tornar o Senhor presente no meio de nós e de fazer com que o Senhor escute a nossa prece rezada em Comunidade.

Que à luz da Bíblia, da Palavra de Deus, o nosso coração e a nossa comunidade encontrem na oração a força necessária para continuarmos caminhando sempre prá frente e buscando a tornar os nossos sonhos em realidade.

Que o Senhor Bom Jesus continue abençoando a todos nós e a nossa família também!

 

Pe. Silvio Andrei

Pároco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *